Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Yoga na minha Vida

O Yoga ajuda a descobrir quem tu és... Tens coragem para saber a resposta?

Yoga na minha Vida

O Yoga ajuda a descobrir quem tu és... Tens coragem para saber a resposta?

Um ano depois do vôo

Já fez um ano em que tomei uma das decisões mais corajosas da minha vida. 

Deixar para trás algo supostamente "seguro" para me dedicar ao que realmente faz vibrar a minha alma e o meu coração, o Yoga.

 

Lembro-me que foi no dia 11 de Novembro que surgiu a oportunidade de sair da empresa e que senti que tinha chegado a hora de ir embora. Que tinha chegado ao fim um ciclo de 15 anos. Que tinha aprendido muita coisa com diversas situações e que o meu trabalho ali estava feito.

Lembro-me do frio na barriga que me deu ao enviar o email para quem de direito e depois de o fazer a sensação de leveza que o meu corpo sentiu...

Um mês e uns dias, separavam o término de um ciclo para o inicio de um outro.

O meu ultimo dia de trabalho foi no dia 27 de Dezembro... Foi um misto de sentimentos.

Houve lágrimas ao abraçar alguns colegas claramente, afinal foram 15 anos de convivência, e há pessoas que nos marcam bastante e deixam saudades mas ao mesmo tempo um sentimento de felicidade à mistura. Iria começar o ano de uma forma diferente, no ano em que fiz os 40 anos e que de repente iria ser dona da minha vida, dos meus horários e das minhas tarefas.

Desde então tem sido uma aprendizagem grande em termos de gestão de tempo e de encontrar trabalho, ou seja espaços para dar aulas quer de Yoga para crianças quer adultos, e a pouco e pouco as coisas vão acontecendo.

Comecei em espaços e em escolas que ainda hoje mantenho, outros já saí. A aprendizagem que aqui tenho de fazer é que tudo tem o seu tempo, não que eu não soubesse isto, mas ainda assim não desanimar quando algo não acontece ou quando algo termina, aceitar e confiar que melhor está para vir, e que a segurança é uma ilusão criada pela nossa mente, porque estando nós a trabalhar para outrem, qualquer indemnização nos pode atirar para o desemprego, logo essa segurança que achamos que temos num trabalho "seguro", é pura ilusão, não existe.

 

Posso dizer que a minha relação com os meus filhos melhorou, e que estamos todos mais tranquilos, e a nossa energia é mais fácil de gerir no dia a dia.

 

Sinto-me muito feliz quando olho para trás e vejo que aquele "pássaro" que estava na gaiola com a porta aberta, voou, entregando-se completamente ao desconhecido.

Sentir o vento nas asas enquanto voo e aprecio a paisagem é o que me faz sentir viva!

passaro_gaiola.jpg

 Susana

 

 

 

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Yoga na minha Vida 03.12.2017

    Vamos nessa!! :) que ao menos a minha experiencia seja motivadora para quem me lê. Com o foco certo e sem desmotivar, dá sempre certo!! :)
    Boa sorte!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.