Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Yoga na minha Vida

O Yoga ajuda a descobrir quem tu és... Tens coragem para saber a resposta?

Yoga na minha Vida

O Yoga ajuda a descobrir quem tu és... Tens coragem para saber a resposta?

Aprende a descansar, não a desistir!

Quantas vezes temos tantas coisas em mão que não sabemos para onde nos virar?

 

Quem é mãe sabe que a gestão de horários/tarefas complica-se ainda mais e às vezes a vontade de nada fazer é muita.

 

Depois há o chefe que nos chateia a cabeça, porque ele próprio não está bem. O trabalho que nem sempre é motivador. Os colegas com quem nem sempre nos identificamos e também eles a passar por processos nem sempre pacíficos... O ordenado que nem sempre é o merecido. As crianças que só querem brincar no final do dia e nem paciência temos para elas e só desejamos que estejam quietas...

 

Afinal o que andamos todos aqui a fazer? O que queremos nós da vida? É para andarmos todos stressados, a correr de um lado para o outro, cansados, e sem vontade para nada?

Já fizeram a pergunta conscientemente? Conseguem ouvir as respostas?

 

Ouço muitas vezes dizer que as nossas crianças são hiper ativas, mas para mim a sociedade é hiper ativa!

Tudo é para ontem! Vivemos numa geração em que tudo é imediato! Tudo acontece em segundos! Somos bombardeados com informação o dia inteiro e quantos de nós toma as suas refeições sem as saborear?

 

Sabiam que parar e simplesmente saborear a refeição que estás a tomar, é Yoga?

Trazer consciência ao momento presente e estares consciente, é Yoga!

O Yoga não é só quando vais para a aula praticar ou estendes o teu tapete no chão da tua sala!

O desafio do yoga é levares para o teu dia a dia o que aprendes a fazer no tapete!

 

Experimenta um dia sentar para comer, SENTAR!, tantas pessoas que comem em pé e a correr! No banco, onde estava a trabalhar, vi muitas vezes pessoas a comerem em pé, porque nem tempo tinham para se sentarem...

Senta-te, toma a tua refeição e deixa o telemóvel de lado, pelo menos enquanto comes! Vais notar que a tua refeição é deliciosa, pois estás consciente do momento!

 

Às vezes, desistimos! Às vezes deixamos que o mal estar venha ou a própria doença chegue e aí és obrigada a parar à força! E nós podemos evitar isso. Se pararmos por nós! O "desistir" aqui também pode ser visto como o grito que deste às tuas crianças que podia ser evitado; pode ser a resposta arrogante que deste a um colega que até era desnecessário; a discussão que acabaste por criar com o teu marido/companheiro/namorado sem razão aparente...

 

Vou fazer aqui uma confidência!

 

Nem sempre os meus dias foram simpáticos a nível profissional, claramente, então quando fazes algo com o qual não te identificas torna-se ainda mais complicado, gerir tudo isto! A verdade é que esses acontecimentos fizeram-me aprender a gerir as minhas emoções quando algumas coisas não corriam tão bem no trabalho.

Acreditem ou não, sempre que alguma coisa não corria bem, ou já estava a prever que não iam correr bem, eu ia para a casa de banho. Parece parvo não é? Casa de banho...? Sim, afinal qual o único sítio no trabalho, onde podes estar sozinha (o) sem que ninguém te interrompa?! 

Então, sentava-me com as pernas à chinês como dizem os meus filhos, e ficava ali sozinha por minutos, e apenas tomava consciência da minha respiração. Fazia umas quantas respirações profundas e pensava em coisas que me deixavam alegres! Seja o sorriso dos meus filhos, o abraço do meu companheiro, uma música que soava na minha cabeça, uma experiência agradável que tinha tido, etc.

Muitas vezes nestes processos as lágrimas vinham e nunca as detive, é o meu jeito de acalmar a alma.

Quando voltava para o meu lugar, a dimensão do "problema" diminuia e as coisas deixavam de ter a importância que lhes tinha dado. Acreditem que isto funciona!!

 

Aprender a parar, a descansar (e não falo de dormir a sesta!!) só traz benefícios para a nossa vida!

Podia estar aqui a falar/escrever sobre o tema até me cansar, mas vou terminar dizendo-vos, EXPERIMENTA! 

Quando alguma coisa não correr de feição, não "desistas"! Pára, descansa a mente, respira consciente e vê o que acontece a seguir!

 

Aprende a descansar, não a desistir!

1502700875140.jpg

 

 

Hari Om!

Susana

 

 

 

 

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post